Setembro Amarelo: Barra de Access contribui para a prevenção do suicídio

Dentro da programação Setembro Amarelo, quando se mobiliza para a prevenção do Suicídio, as terapias integrativas e complementares estão cada vez mais sendo utilizadas pelas pessoas na prevenção e tratamento de doenças físicas, mentais e emocionais.

Os diversos métodos terapêuticos oferecidos pelos profissionais contribuem para restabelecer o equilíbrio energético e emocional do paciente promovendo o bem estar e a saúde. Elas servem como auxiliadoras, por exemplo, na cura da depressão, do estresse, da insônia, da ansiedade, do pânico, das dores crônicas. Ajudam no desbloqueio de medos, traumas emocionais e no processo de autoconhecimento entre outros problemas.

Segundo a Facilitadora Certificada de Access, Ava Simões, as Barras de Access são de grande contribuição para a prevenção do suicídio.

“Com esse processo, acessamos o Ser Infinito que somos e começamos a descobrir que podemos começar a funcionar a partir do perceber, saber, ser e receber, explica Ava”.

Quando se tem a aplicação de Barras de Access, o que denominamos de correr as barras, abre-se uma nova percepção, um novo olhar para a vida, com infinitas possibilidades. Tomamos uma maior consciência do nosso ser no Universo, e nos sentimos mais presentes, mais capazes de dar e receber sem julgamentos, sem medos e mais confiantes de nós e do mundo do qual pertencemos. Tudo isso, deixa a sua vida fluir com mais facilidade e leveza, conclui a profissional.

Sobre Barras de Access: Processo corporal que consiste na liberação de 32 pontos na cabeça. Quando tocados suavemente, o processo estimula mudanças positivas no cérebro, dissipando padrões comportamentais, crenças limitantes e bloqueios energéticos, que lhe impedem de criar novas realidades, com mais facilidade e alegria.

Na foto: Ava Simões é facilitadora e conquistou título internacional através da Barra de Access.

 

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.